Sabrina Cherman, uma jovem brasileira de 22 anos, declarou estar pronta para enfrentar qualquer desafio em nome de Israel, após ter concluído seu serviço militar recentemente. Sabrina, natural do Rio de Janeiro, mas nascida em Minas Gerais, mudou-se para Israel aos 14 anos para cursar o ensino médio. Após sua formação, ela serviu nas forças armadas israelenses por três anos, o que a tornou cidadã israelense.

Embora tenha encerrado seu período no exército há menos de um mês, Sabrina não esperava retornar à base tão rapidamente. No entanto, com o início do conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas em 7 de maio, as forças armadas israelenses convocaram 360 mil reservistas, incluindo Sabrina, que se apresentará na quarta-feira, dia 11.

Seu papel incluirá patrulhar áreas próximas às vilas na fronteira, auxiliar no resgate de pessoas feridas por helicópteros e desempenhar outras tarefas conforme necessário. Sabrina antecipa que o conflito atual será prolongado, afirmando: “Esta será a guerra mais longa que Israel enfrentará.”

Sabrina compartilhou em uma entrevista a sua disposição em servir e proteger Israel: “Em Israel, as mulheres são enviadas para o front de batalha em circunstâncias extremas, mas, como ex-combatente, isso não me assusta. Estou preparada para viver e, se necessário, morrer por Israel.”

Deixe um comentário