O furacão Norma, no Pacífico leste, surpreendeu ao intensificar-se rapidamente na quinta-feira (19), de acordo com informações do Centro Nacional de Furacões (NHC). As atualizações mais recentes do centro relatam ventos máximos sustentados de 212 km/h. Norma, agora na categoria 4 na escala Saffir-Simpson, move-se lentamente em direção à costa do México, especificamente à região turística de Los Cabos.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos alerta que a tempestade provocará fortes chuvas, resultando em alagamentos e inundações na porção sul da Baja California Sur ao longo do próximo fim de semana. Como resposta a essa ameaça, o governo mexicano emitiu um alerta de furacão para a Península da Baixa Califórnia, abrangendo de Todos Santos a Los Barriles, incluindo Cabo San Lucas. Na quarta-feira (18), já havia ativado um plano de emergência para a região de Baja California devido à iminente chegada do furacão.

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, expressou sua preocupação com a situação e pediu que a população se mantenha vigilante diante dos impactos potenciais do furacão. Ele enfatizou a importância de tomar medidas preventivas, como o envio antecipado de equipamentos de auxílio à população e suprimentos de alimentos.

De acordo com o NHC, espera-se que o furacão Norma produza acumulações de chuva significativas, variando entre 125 e 250 milímetros, com algumas áreas registrando até 380 milímetros até o próximo domingo (22) no extremo sul da Baja California Sur. No entanto, é previsto que a intensidade do sistema diminua à medida que se aproxima do continente, tocando terra como uma tempestade tropical.

Além disso, o NHC alerta para o potencial de ondas marítimas ao longo da costa oeste do México, em direção à Baja California Sur nos próximos dias. Estas ondas provavelmente desencadearão correntes de retorno, representando riscos para a vida daqueles que se aventurarem no mar.

Como se não bastasse, outro distúrbio no oceano Pacífico está a caminho. Existe uma probabilidade de 50% de formação nas próximas 48 horas e 80% nos próximos sete dias, ao sul da costa oeste do México. Espera-se que esse sistema evolua gradualmente, movendo-se para o norte ao longo da costa mexicana durante o final de semana, o que pode resultar em fortes chuvas e possíveis impactos em áreas do sul do México. A situação requer monitoramento constante, pois o país se prepara para enfrentar as adversidades naturais.

One response to “ALERTA NO MÉXICO: FURACÃO NORMA GANHA INTENSIDADE, ACIONANDO PLANO DE EMERGÊNCIA”

Deixe um comentário